1 de mar de 2012

Dias Iguais


Quando o céu se cobriu de vermelhoComecei a te esperarQuando o céu se cobriu de azulPude ouvir teu respirar
E ao se cobrir de frioBem-te-vi cantandoBem me viu tentando não chorar
Dias iguaisAzuis, vermelhos, friosDias sem paz, de esperaDias iguaisSão como um rio correndo pra trásNão deságua em nenhum lugar

Dias iguais Azuis vermelhos, frios Dias sem paz, de espera Dias iguais São como um rio correndo para trásNão deságua em nenhum lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário