28 de fev de 2011

Adora-me por amizade não por amor.



Pode me achar meio infantil, pode também não entender.
Posso estar correndo o risco, que depois disso você não me queira dizer mais nada.
Acredite, foi único modo que encontrei, para te dizer, o que se passa dentro de mim.
Estou olhando novamente aquela nossa ultima foto, aquela que tiramos através da internet
Novamente estou lendo e relendo aquela conversa, do mesmo dia.
To tentando entender linha por linda, por mais que seja difícil e doloroso para mim.
Querendo realmente saber se me adora como diz, e se arrepende tanto assim, para me pedir perdão.
Quando me disse que você iria se encontrar com ela, levei meus olhos aos céus, e fiz um pedido ao Pai.
Lhe de o caminho da felicidade, mesmo que não seja comigo.
Sei que vou ter momentos como este, que me pego esperando você entrar, para me contar sobre sua conversa com ela.
E estarei rezando para que não tenha voltado, e me pergunto se estaria sendo egoísta.
Quero que saiba que na mesma forma que quero seja feliz, quero você para mim
Estou agoniada querendo te mandar um recado, querendo responder melhor aquela pergunta que me fez.
Isso se tiver melhor resposta para a pergunta:
O que você fazia por amor?
E tentando da melhor forma possível te dizer que TE AMO.
Que na verdade sempre te amei, até quando eram apenas amigos, eu só precisava de um tempo para saber e assumir para mim mesmo o que sentia
E por mais que diga que iria te apoiar em tudo que for fazer, em todas suas decisões, deveria estar louca
Como posso te apoiar a ficar com outra pessoa, sendo que essa pessoa não seja eu.
Não vou mentir, vou ser bem sincera...
Tenho muito ódio, de não aguarda ressentimentos, pois ai seria mais fácil esquecê-lo
Mais não consigo.
Relembrando o primeiro dia que te conheci até hoje.
Não fiz nada de diferente a não ser, me preocupar, apoiar, tentar te aconselhar.
Mesmo que para isso tivesse que ficar até a cinco da madrugada falando contigo.
Sem deixar de assumir que muitas vezes, fiz isso apenas para te olhar.
Pois sabia, já que não posso ter lhe como queria, a única forma de me aproximar era sendo amiga.
Fui amiga mais sincera, se estava certo de apoiava, se estava errado te criticava.
Às vezes penso que o único motivo de me contar às coisas que passa na sua vida, seja por causa disso.
Adora-me por amizade não por amor.
Seja como for, a melhor resposta que encontrei para sua pergunta.
É te mostrando, não dizendo.
E se não consegui todos esses anos, por que iria conseguir agora.
Perdoe-me, juro que tentei.

5 comentários:

  1. Que lindo texto amiga digno de coragem é isso ai bjos boa semana

    ResponderExcluir
  2. Juh, coragem que busquei todos esses anos e um pelo dia resolvi dizer tudo...
    Conclusão ele sumiu...kkk

    ResponderExcluir
  3. Lindo post. Lindo Blog.
    Agora só falta atualizar sempre seu espaço.

    Bjkss, amigaaa

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline seu blog esta lindinho....

    Lindo post ....
    Bejus

    ResponderExcluir